S5 Risen Hope - шаблон joomla Mp3

Sample Sidebar Module

This is a sample module published to the sidebar_top position, using the -sidebar module class suffix. There is also a sidebar_bottom position below the menu.

Sample Sidebar Module

This is a sample module published to the sidebar_bottom position, using the -sidebar module class suffix. There is also a sidebar_top position below the search.
Notícias

O goleiro Vítor Ressurreição é membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, por isso não pode treinar nem jogar aos sábados. Para ele, esse dia deve ser reservado apenas a atividades religiosas ou familiares. No início do ano esteve muito perto de ser vendido à Chapecoense. Contudo, recusou a transferência para Santa Catarina por que o clube não aceitava sua condição.
Após a tragédia com o avião que levava a Chapecoense a Medellin, ele conta que apesar da tristeza, acredita que foi providência divina ele não estar na equipe. “Meus amigos não entenderam a minha decisão”, afirma o goleiro, que hoje defende o modesto PSTC Procopense, do Paraná.
“Muitos diziam que eu era maluco. Familiares achavam que eu tinha desperdiçado a melhor chance da minha carreira, que era o fim dela. Mas nessa última semana, com esse desastre, muitos entenderam e aceitaram minha fé”, explica
Falando ao Uol, ele conta que não tem arrependimentos: “Se eu tivesse aceitado abdicar de minha fé, eu poderia ter estado lá naquele avião. Minha família, meus dois filhos e minha esposa estariam chorando hoje. Tive uma segunda chance”.
Acredita que houve um livramento. “Deus tem um plano de vida para cada um. Naquele momento ele me pressionou a não aceitar a proposta. É complicado falar que foi por isso que eu fui salvo porque tem muitas pessoas que estavam lá no avião e também buscavam a Deus. Mas eu tive uma segunda chance. Sempre fui obediente a Deus e de alguma forma essa obediência acabou me poupando”.
Prioridades
Vítor, 31 anos, foi destaque do Londrina no acesso à Serie B do Brasileiro ano passado e apontado como o melhor jogador da competição. A proposta da Chape era um salário quatro vezes maior. Por não abrir mão da questão dos sábados, Vítor, não fechou com os catarinenses e também não renovou o contrato com o Londrina.
Com passagens pelas seleções brasileiras de base sub-16 e sub-17, nunca se firmou em uma equipe de ponta. Possivelmente perdeu a última chance de jogar em um time da Séria A. De família católica ele é adventista há 12 anos. Para o jogador, a questão do sábado sempre era um empecilho por causa da sua profissão.
“Essa situação… abriu os olhos para algumas coisas que são importantes além de carreira e sucesso. De alguma forma, minha crença em Deus acabou me livrando do desastre”, enfatiza.

O pastor Hidekazu Takayama se envolveu em uma polêmica no último fim de semana, depois que a gravação de um trecho do seu programa de rádio, começou a circular nas redes sociais.
No áudio, Takayama fala sobre relacionamento e faz uma pergunta retórica (Pergunta sem intenção de resposta), o problema é que, a sua esposa, Ingredi Takayama, sussurrou a resposta.
Isso foi motivo para que Takayama, movido de uma fúria descomunal; É pra você falar Ingridi, é pra você ajudar aqui... LEIA ESSA B%$#$@#$.

O diálogo de 20 segundos, mostrou um lado de Takayama, que também é deputado federal pelo PSC-PR, que poucos conheciam. 

A edição norte-americana do The Voice 2016 está chegando ao seu final, e o cantor Christian Cuevas aproveitou sua apresentação na semifinal para expressar sua fé em Jesus Cristo e cantou a música “To Worship You I Live”.
A apresentação acabou se transformando em um verdadeiro momento de louvor, com as pessoas da plateia e até a jurada Alicia Keys cantando o refrão juntamente com o cantor. O vídeo do momento tem mais de 2 milhões de visualizações.
A música é uma composição de Israel Houghton, e Cuevas contou que a escolheu em homenagem à sua noiva, pois é a canção favorita dela. A letra da música fala sobre a necessidade de estar na presença de Deus: “Longe do barulho, sozinho com você. Afastado, afastado para ouvir sua voz e me encontrar com você. Nada mais importa. Meu único desejo é… Para te adorar, eu vivo. Para te adorar eu vivo. Vivo só para te adorar”.
Quando chegou à repetição do refrão, o artista mudou o idioma para espanhol – língua que aprendeu com sua avó -, o que levantou a plateia. Junto a um coral que estava em uma das laterais do palco, ele concluiu a apresentação emocionante, sob aplausos.
“Ele transformou o show de talentos em um culto de igreja”, disse um internauta nos comentários no canal do reality show no YouTube. “Você acabou de usar sua plataforma para fazer Jesus ser conhecido! Ganhando ou perdendo, parabéns”, comentou outro.
Um dos inscritos disse que considerou essa apresentação a mais tocante do cantor: “Esta é a primeira vez que eu sinto que Christian deu o seu melhor de verdade. Ele nasceu para fazer música gospel e cantar para o Senhor! Deus te abençoe, Christian”.
Adam Levine, um dos jurados do programa, afirmou que uma das maiores habilidades do cantor é transmitir emoção. Sua treinadora, Alicia, reiterou os elogios: “Estou tão orgulhosa de você, Christian. Foi uma performance linda”.

O PM Cantor Paulo Borges faz sucesso nas redes sociais por seus vídeos cantando no 21º Batalhão antes de iniciar suas patrulhas. Com 21 anos de corporação, o subtenente alegra o ambiente de trabalho em São João de Meriti.
Aos 47 anos de idade, sendo 21 dedicados à Polícia Militar, Paulo Borges chamou atenção nas redes sociais no começo de 2016, quando um vídeo seu cantando “Corinhos de Fogo”, da cantora Andrea Fontes, se tornou viral.
“Comecei a cantar na igreja aos 12 anos, mas nunca o fiz profissionalmente. Já me aconselharam mais de uma vez a gravar, mas ainda não tive recursos. Quem sabe um dia eu consigo? É um plano que tenho”, comentou o PM sobre a possibilidade de gravar um disco.
Em entrevista ao jornal Extra, o PM cantor afirmou que vive em uma comunidade de Mesquista, na baixada fluminense, onde é querido por todos os moradores. “Até ‘os meninos’ sabem e me respeitam”, frisou, referindo-se aos traficantes da área.
Membro da Assembleia de Deus, ele é o único de seis irmãos que não se tornou pastor. No entanto, tenta evangelizar a todos que os cercam. “Às vezes o pessoal até brinca: ‘Lá vai o Paulo Borges falar de Deus’. Mas, se posso tentar ajudar alguém, por que não fazê-lo? Converso, deixo o meu contato… Uma vez, uma mãe me ligou e disse que havia sido uma benção para o filho dela ter sido preso por mim, porque saiu da cadeia e não voltou para a vida errada. Isso é muito gratificante”, testemunha o subtenente.
Um sobrinho do policial resolveu montar uma página, com o sugestivo nome de O PM Cantor, e lá coloca os vídeos das apresentações informais de Paulo Borges no Batalhão. “É sempre muito espontâneo. Quando vem a inspiração de Deus, eu canto, e aí peço a alguém para filmar, ou já aparece um colega com câmera”, concluiu.

Contato

  •  Av. Fernando Machado, 870-D Centro
    89802-111 Chapecó-SC
  •  (49)3322-2720
  •  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.